Blog do Fábio Cardoso – Nos bastidores da política

Forte tremor abala o México e deixa dezenas de mortos

Do G1

Um forte tremor de terra abalou o México na tarde de hoje. O Serviço Geológico dos EUA (USGS) detectou um terremoto de magnitude 7,1 com epicentro perto da cidade de Izucar de Matamoros, que fica ao sul da capital mexicana, às 15h14 (hora de Brasília). A agência Reuters ouviu autoridades locais que contabilizaram 42 mortos no estado de Morelos, 8 na capital federal, e 3 em Puebla.

Há relatos e imagens de construções desmoronadas ou danificadas em diversos lugares da Cidade do México. A Defesa Civil disse à agência Reuters que há pessoas presas e vários focos de incêndio.

O abalo ocorreu exatamente 32 anos depois do grande terremoto mexicano de 19 de setembro de 1985, que matou pelo menos dez mil pessoas — o número total é incerto. “Estou consternada, não consigo parar de chorar, é o mesmo pesadelo que em 1985”, afirmou Georgina Sánchez, de 52 anos, em lágrimas, chorando em uma praça da cidade.

Por conta dessa data, antes do abalo verdadeiro desta tarde, a Secretaria de Proteção Civil mexicana realizou, pela manhã, uma simulação de um terremoto de magnitude 8.0, com epicentro em Guerrero.

O exercício teve início às 11 horas (13 horas em Brasília), pouco mais de duas horas antes do terremoto real, e marcou o aniversário do tremor de 1985. O presidente mexicano Enrique Peña Nieto, que estava em Nova York para a Assembleia Geral da ONU, decidiu imediatamente voltar a seu país.

‘Pânico’

A advogada curitibana Renata Alves, que vive na Cidade do México, disse ter presenciado cenas de desespero e caos. Ela contou que estava em seu escritório, no sexto andar de um prédio na região da Avenida Reforma, na área central da cidade, quando notou que a terra tremia. No mesmo momento, o local foi evacuado e ela precisou correr, dividindo as escadas com dezenas de pessoas.

“O pessoal começou a descer as escadas, em desespero. Tinha muita gritaria. Teve muita gente em pânico, chorando, tudo isso. Estava todo mundo muito nervoso, sem saber o que fazer. Tivemos que ficar em frente ao prédio, esperando passar”, relatou.


Segurança pública agonizando em Pernambuco e oposição pede convocação da Força Nacional para o Estado

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) está pedindo o apoio da Força Nacional de Segurança, do Ministério da Justiça, para ajudar as forças de Pernambuco no combate à criminalidade no Estado. A iniciativa, anunciada nesta terça-feira (19) no plenário da Casa, será oficializada nesta quarta (20), com entrega do pedido no Palácio do Campo das Princesas.

O pedido, que tem como base o decreto 5.289/2004, que instituiu a Força Nacional, foi motivado pelo crescimento de 35% nos índices de violência, registrado nos oito primeiros meses deste ano, quando foram registrados 3.735 assassinatos, 84.358 crimes violentos contra o patrimônio, 21.125 casos de violência doméstica e 1.332 estupros.

“Estamos vivendo uma situação proporcionalmente muito pior que o Rio de Janeiro, que já conta com o apoio da Força Nacional. No acumulado dos últimos 12 meses tivemos o registro de 56,9 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes, enquanto no Rio de Janeiro foram 40 mortes por 100 mil. Vale lembrar que o mínimo aceitável, segundo a ONU, é de 10 por 100 mil”, comparou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição.

De acordo com o deputado Joel da Harpa (Podemos), vice-líder da Bancada, um dos motivos para o crescimento da violência em Pernambuco é o elevado déficit de profissionais na segurança. “O governo está anunciando o ingresso de 1.500 policiais na corporação, mas temos o mesmo quantitativo ingressando na reserva nos próximos meses. Precisamos desse apoio até que o governo consiga reduzir esse déficit”, afirmou.

Os parlamentares destacam ainda que, segundo informações do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) e Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), cerca de 80% dos crimes cometidos no Estado sequer chegam a ser investigados.

A deputada Priscila Krause (Dem), destaca que as sugestões apresentadas pela Oposição são feitas desde o início da atual legislatura. “Propomos, inclusive, fazer parte da solução desse problema. Trazendo para nós uma responsabilidade que não é nossa. Queremos dar essa contribuição, vamos continuar propondo, até para que fique registrado na história quem quer resolver e quem quer faze de conta que vive em outro mundo”, ressaltou.

Silvio Costa Filho destaca ainda que além da Força Nacional, a Bancada de Oposição cobra a reabertura do diálogo do governo com os policiais militares; a valorização dos profissionais de segurança;  resgate dos princípios do Pacto pela Vida (plenejamento, diálogo e transparência), reforço do efetivo policial e uma ampla discussão com os municípios sobre o enfrentamento à violência. “Confiamos na nossa polícia, mas entendemos que é preciso dar condições tanto de efetivo quanto de infraestrutura para que nossos policiais possam desempenhar seu trabalho como sempre fizeram”, destacou.

Homicídios – Pernambuco x Rio de Janeiro
  Pernambuco Rio de Janeiro
Janeiro              477 600
Fevereiro              496 616
Março              551 651
Abril              514 534
Maio              457 541
Junho              380 506
Julho              447 454
Acumulado 2017 (Jan-Jul/17) 3.322 3.902
12 Meses (Ago/16 –Jul/17)           5.395 6.699
População 9.473.266 hab 16.718.956 hab
% População 0,057% 0,040%
P/ 100 mil hab (Ago/16 -Jul/17) 56,95 40,07
Dados: SDS/PE, ISP/RJ e IBGE *Atualizado até julho/17

 

Donald Trump diz na ONU que Coreia do Norte “será destruída”

O presidente Donald Trump disse hoje (19), em seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU. que se o regime de Pynongang não desistir de seu programa nuclear os Estados Unidos não terão outra escolha a não ser “destruir totalmente a Coreia do Norte. Temos paciência, mas não temos outra opção”, afirmou.

Trump chamou o regime de Kim Jong-Un de “depravado e responsável pela morte, opressão, tortura e prisão de muitos cidadãos do país”. E afirmou que a busca da Coreia do Norte por armamento nuclear é irresponsável e ameaça o mundo inteiro com uma perda “impensável da vida humana”.  Ele disse que o líder norte-coreano está em uma missão suicida para si mesmo e o seu regime.

“Estamos dispostos e preparados para  tomar uma ação militar, mas esperamos que isso não seja necessário”, frisou Trump, observado de perto pelo representante norte-coreano, que acompanhou o discurso na primeira fila, por causa do sorteio de lugares realizado pela organização dos debates.
Trump também pediu que as Nações Unidas pressionem os países que financiam a Coreia do Norte para interromper os financiamentos que estão alimentando o programa nuclear do país.

Barrando o mal

“Se os muitos justos não confrontarem os poucos maus, então o mal triunfará”, disse Trump.  Ele agradeceu à China e à Rússia por terem votado a favor das sanções contra a Coreia do Norte no Conselho de Segurança da ONU. O país foi sancionado duas vezes em agosto e na semana passada pelo conselho, por unanimidade, por causa da continuidade dos seus testes nucleares e de ter lançado misseis de médio alcance para ameaçar o Japão.

Desde que o magnata republicano chegou ao poder, há oito meses, as tensões entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte tem aumentado e Kim Jong Un e Trump têm trocado ameaças em um tom cada vez mais agressivo.

No mês passado, o líder americano ameaçou desencadear um “fogo e fúria como o mundo nunca viu” se a Coreia do Norte não parasse de ameaçar o país. Discurso que, longe de intimidar, parece ter servido de combustível para Kim Jong Un: depois disso foram feitos pelo menos quatro testes com mísseis, um deles com uma bomba de hidrogênio no começo de setembro, considerada a mais poderosa testada até agora pelo regime norte-coreano.

Da Agência Brasil

Polícia Civil prende quinto suspeito de atirar no apresentador Alexandre Farias

Quinto suspeito de atirar em Alexandre Farias foi preso nesta terça (19) (Foto: Joalline Nascimento/G1)

A Polícia Civil prendeu na tarde desta terça-feira (19) o quinto suspeito de atirar no apresentador Alexandre Farias. O homem de 26 anos foi preso no bairro José Carlos de Oliveira em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a polícia, o suspeito estava escondido em uma casa na localidade.

A Polícia Civil chegou até o suspeito por meio de uma ligação anônima feita ao Disque-Denúncia. Com ele, foram encontrados uma pistola, um revólver e munição. O criminoso será levado para Divisão de Homicídios para prestar depoimento. Nesta quarta-feira (20), ele será apresentado em audiência de Custódia.

A ação foi realizada pelas equipes comandadas pelos delegados Bruno Vital e Márcio Cruz, com a participação do setor de inteligência da Polícia Civil.

Outros três suspeitos foram presos na segunda-feira (18). As prisões ocorreram após um tiroteio no sítio Maniçoba, na zona rural do município. Um quarto suposto criminoso foi morto a tiros durante o confronto, conforme informou a polícia.

Estado de saúde

Uma nova tomografia mostrou uma redução no edema cerebral do apresentador Alexandre Farias. A informação foi divulgada na manhã desta terça-feira (19) após os médicos do Hospital Unimed divulgarem o novo boletim médico com o estado de saúde do jornalista.

Alexandre Farias, que está no terceiro dia de internação, segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedado e em coma induzido. De acordo com o boletim, houve normalização da pressão intracraniana (PIC) e da pressão de perfusão cerebral (PPC). As funções renais, pulmonares, hepáticas e cardíacas dele também encontram-se normais.

Entenda o caso

O apresentador do ABTV 2ª edição, da TV Asa Branca, foi vítima de uma bala perdida na noite do sábado (16) no bairro Alto do Moura, em Caruaru. O ator e jornalista tinha apresentado o telejornal e, quando saiu, foi jantar em um supermercado da cidade. Ele ia para a casa dele quando foi atingido por um disparo na cabeça. De acordo com informações da Polícia Militar, assaltantes estavam em um carro roubado quando houve perseguição e troca de tiros.

Na fuga, os bandidos ainda atropelaram os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estavam em uma ocorrência no local. Uma das auxiliares de enfermagem foi atingida.

Alexandre Farias foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional do Agreste (HRA) e em seguida transferido para hospital Unimed, também em Caruaru.

Do G1/Caruaru

Alexandre Farias tem redução no edema cerebral

Uma nova tomografia mostrou uma redução no edema cerebral do apresentador Alexandre Farias. A informação foi divulgada hoje, após os médicos do Hospital Unimed divulgarem o novo boletim médico com o estado de saúde do jornalista. Ele está internado desde o sábado, quando foi vítima de bala perdida no Alto do Moura, em Caruaru, Agreste de Pernambuco.

Alexandre Farias, que está no terceiro dia de internação, segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedado e em coma induzido. De acordo com o boletim, houve normalização da pressão intracraniana (PIC) e da pressão de perfusão cerebral (PPC). As funções renais, pulmonares, hepáticas e cardíacas dele também encontram-se normais.

Novas atualizações médicas do quadro clínico de Alexandre devem ser divulgadas no próximo boletim médico oficial, às 17h, desta terça-feira.

Do G1/Caruaru

Jungmann quer explicações sobre declaração de general

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, convocou, ontem, o general Eduardo Villas Bôas, para pedir explicações após a repercussão negativa das declarações do general da ativa Antonio Hamilton Martins Mourão.

O Exército tenta contornar a situação, já que Mourão tem uma forte liderança na tropa. Na sexta-feira passada, em palestra, o general da ativa defendeu a possibilidade de intervenção militar diante da crise enfrentada pelo País, caso a situação não seja resolvida pelas próprias instituições.

Por meio de nota, o ministro da Defesa afirmou que também orientou o comandante “quanto às providências a serem tomadas”, mas não explicou quais seriam essas medidas.

No fim de semana, ao tomar conhecimento das afirmações, Jungmann relatou o fato ao presidente Michel Temer e avisou que deixou nas mãos do comandante a decisão sobre como conduzir o caso. O general Villas Bôas ouviu as explicações do general e disse que o problema estava “superado”. Mourão já protagonizou outro desconforto político em outubro de 2015, quando criticou o governo da presidente cassada Dilma Rousseff. Pelo Regulamento Disciplinar do Exército, o general pode ser punido por dar declarações de cunho político, sem autorização de seu superior hierárquico.

A decisão do comandante do Exército foi interpretada como uma tentativa de abafar o caso e não teria agradado a Jungmann. O ministro esperava algum tipo de sinal de que esse tipo de declaração não pode ser tolerado. De acordo com integrantes do Alto Comando, Mourão está exatamente a seis meses de deixar o serviço ativo.

Postado por Magno Martins

‘Animado’

Injeção de animo e disposição para ver os resultados da educação municipal acontecer no município de Curaçá no Norte da Bahia, pelo visto não vai faltar para o Secretário Municipal de Educação Daniel Torres.

O secretário fala em animação para vencer os desafios. “Estamos animados em vencer os desafios postos, os enormes problemas que é comum a educação pública, mas que especialmente aqui em Curaçá tomaram uma dimensão diferenciada”, comentou o secretário a sua página do facebook.

Fernando Bezerra Coelho dialoga com entidades classistas, prefeito e deputado estadual

Durante a tarde desta segunda-feira o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) recebeu no escritório político do Recife representantes de entidades classistas, gestores públicos e lideranças políticas. O senador conversou com o presidente da sub-seccional Jaboatão dos Guararapes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Antônio Maciel. Ele esteve acompanhado do diretor de Articulação e Relacionamento da entidade, Gustavo Veras, e do procurador de Olinda, Díbulo Calábria. “Fernando Bezerra Coelho é uma importante liderança política para Pernambuco e para o Brasil. Fizemos uma visita institucional para conversarmos sobre o futuro do estado e do país”, afirmou Maciel. O presidente da Associação de Imprensa de Pernambuco (AIP), Múcio Aguiar, também participou da reunião.

O prefeito da cidade de Condado, Antônio Cassiano (PTB), chegou ao gabinete pouco depois das 16h, para conversar com o senador sobre ações de infraestrutura urbana. O gestor foi acompanhado do secretário municipal de Governo Marcelo Moura. Representante do litoral Sul de Pernambuco, o deputado estadual Pedro Serafim Neto (PDT) discutiu com Fernando Bezerra projetos para a região. “O litoral Sul é parte fundamental da economia pernambucana, porque abriga todo o complexo portuário de Suape e tem uma forte vocação para o turismo. Nosso trabalho é para que possamos gerar mais empregos e renda para nossa gente”, afirmou o deputado.

por Redação Nossa Voz

Nota de esclarecimento

O blog entrou em contato com um funcionário da Compesa do Distrito de  Vermelhos em Lagoa Grande (PE) e o mesmo informou que não há desperdício de água potável como foi postado neste blog, mas a água que corre nas ruas é descarga de filtro, ou seja, impropria para o consumo. “É água de descargo de filtro é um procedimento diário e a água é totalmente impropria para o consumo”.

O fucionário informa ainda que água só corre na rua por que o dreno está há mais de um ano sem manutenção por parte da prefeitura e que duas horas de máquinas resolveria o problema.