Em Trindade, Câmara de Vereadores aprova projeto polêmico que proíbe ideologia de gênero em escolas municipais

Vereadores de Trindade (PE), no Sertão do Araripe, aprovaram em sessão plenária realizada ontem (5) um polêmico projeto de lei, de autoria do vereador Francisco Pereira Freire, o ‘Serra Branca’. A proposta proíbe a discussão de ideologia de gênero nas escolas do município, apesar de a Secretaria de Educação da prefeitura já ter retirado essa prática das salas de aula, dentro do seu plano escolar.

O projeto, no entanto – explicou o vereador – vem para reforçar ainda mais a decisão da Secretaria.

A casa legislativa ficou completamente lotada durante a votação do projeto. Representantes de diversas igrejas compareceram à sessão, inclusive o padre Domingos Pedro, pároco do município, além de diversos pastores e educadores.

O projeto foi aprovado pela unanimidade dos 10 vereadores presentes, que justificaram em seguida seus votos. Padre Domingos Pedro e o Pastor Eronildo Braz foram até a tribuna da Câmara e também se pronunciaram favoráveis ao projeto em nome de suas respectivas igrejas. No plenário, a população levou faixas apoiando a proposta.

ECA

O autor do projeto explicou as razões de barrar todo tipo de ideologia de gênero nas escolas. “O objetivo desse projeto é defender nossas crianças e adolescentes, em nome do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), para que os filhos sejam educados da melhor forma possível, em respeito às famílias, que já sofrem as influências de cenas apresentadas diariamente nas novelas da Rede Globo”, afirmou Serra Branca. (Foto: Ascom/divulgação)

Seja o primeiro a comentar on "Em Trindade, Câmara de Vereadores aprova projeto polêmico que proíbe ideologia de gênero em escolas municipais"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*