Armando mantém o silêncio

Por Adelson Veras.

As declarações do ex presidente Lula, PT, à Rádio Jornal na última semana, tiveram foco numa possível aliança com o PSB este ano. Mas agitaram o grupo do senador Armando Monteiro, PTB, e como recado para o senador se descolar de Fernando Bezerra, MDB, Mendonça Filho, DEM e Bruno Araújo, PSDB.

Uma possível candidatura de Fernando Bezerra, que ainda luta para assumir o comando do MDB, numa briga judicial com Raul Henry, presidente estadual e afilhado político de Jarbas Vasconcelos, não iria atrapalhar os planos do petebista.

Aliados de Armando, defendem múltiplas candidaturas na oposição. À oposição só não conta com o ex-prefeito e pré-candidato ao governo Júlio Lossio, que estar mais próximo do PSB e não se juntou ao grupo de oposição.

Uma aproximação do PT com o PSB, tira as pretensões de Marília disputar a eleição para governadora, e também se distancia de vez do PSDB. Ainda de luto pela perda do pai recentemente, Armando preferiu o descanso no carnaval.

Seja o primeiro a comentar on "Armando mantém o silêncio"

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*