Cotidiano – Blog do Fábio Cardoso

Cotidiano

Agricultores familiares devem ficar atentos ao prazo de adesão ao Garantia-Safra 2018 em Petrolina

Para os agricultores familiares que não receberam o boleto de adesão ao Garantia-Safra 2018, a Prefeitura de Petrolina informa que até o dia 31 de janeiro o documento pode ser retirado na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, que fica localizada na Avenida Honorato Viana, 980 “A”, bairro Gercino Coelho (próximo a UPA).

De acordo com o diretor de agricultura familiar, Erisvaldo Lima, a maioria dos boletos já foi entregue nos núcleos de Caititu; Cruz de Salinas; Uruás; Rio Jardim; Pau Ferro; Ponta da Serra; Simpatia; Cristália; Izacolândia; Capim e Rajada.

“Devido a um atraso dos boletos pela coordenação nacional do programa, a Prefeitura montou uma força tarefa para entregar nas comunidades rurais os boletos em tempo hábil e sem prejuízos para os agricultores. Quero reforçar para aqueles que não receberam procurar com urgência a Secretaria de Desenvolvimento Agrário”, alerta Erisvaldo.

Garantia-Safra

O programa é uma ação voltada para agricultores familiares que se encontram em municípios sujeitos a perdas de safra devido à seca ou ao excesso de chuvas. É uma espécie de seguro que conta com a contribuição do agricultor, prefeitura, governos estadual e federal.

O aporte é formado pela contribuição do agricultor de R$ 17,00 (2% do valor do benefício), do município cadastrado de R$ 51,00 (6%), da participação do Estado com R$ 102,00 (12%) e da União com R$ 340,00 (40%).  (Ascom)

 


Cadastramento do Chapéu de Palha da Fruticultura acontecerá em fevereiro no Sertão pernambucano

A Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco (Seplag-PE) abrirá a edição 2018 do programa Chapéu de Palha com o cadastramento dos trabalhadores da fruticultura irrigada, de 19 a 23 de fevereiro. O novo período foi definido visando a contemplar um número maior de trabalhadores rurais, uma vez que muitos só são dispensados pelas empresas da região no segundo mês do ano. O cadastro poderá ser feito em um dos 14 polos distribuídos nas cidades de Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande, Belém do São Francisco, Cabrobó, Orocó e Petrolândia.

Para ser beneficiário é necessário ser trabalhador(a) rural da fruticultura irrigada, auxiliar de câmara fria e de casa de embalagem, embalador(a) ou tratorista, no último contrato, com comprovação em carteira de trabalho e possuir o termo de rescisão contratual. Também é preciso ser maior de 18 anos e ter trabalhado, com registro em carteira, por no mínimo 30 dias corridos no período correspondente à safra da fruticultura irrigada do ano anterior à data do cadastramento.

O trabalhador rural interessado em se inscrever no (mais…)

Marinha realiza ‘Operação Verão’ no Rio São Francisco, em Petrolina, PE

A operação acontece no Rio São Francisco em Petrolina (Foto: Amanda Franco/ G1)

Com o objetivo de verificar o cumprimento das regras de segurança da navegação, a Marinha deu início à ‘Operação Verão 2017/2018’ em Petrolina, no Sertão Pernambucano. A ação acontece no Rio São Francisco.

As rondas são realizadas durante todos os dias, por 25 militares da região. Eles fazem parte da Agência Fluvial de Juazeiro-BA, responsável por 46 municípios da Bahia e 13 de Pernambuco.

Por G1 Petrolina

 

Cai o número de acidentes, mortos e feridos nas rodovias federais em Pernambuco em 2017

Em 2017, a PRF fiscalizou 227.857 veículos e 235.467 pessoas (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)

As rodovias federais que cortam Pernambuco foram cenário de 3.435 acidentes ao longo de 2017. Durante o ano passado, os acidentes ocorridos nas estradas federais no estado resultaram em 343 pessoas mortas e em 3.086 feridos. Os dados, que foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta sexta-feira (19), são todos menores que os registrados em 2016.

Em comparação com os dados de 2016, os números apresentam redução de 11,3% na quantidade de mortes, de 5,4% na de acidentes e de 1,9% na de feridos. Naquele ano, foram contabilizados 3.634 acidentes, com 3.146 pessoas feridas e 387 vítimas fatais nas rodovias federais em Pernambuco.

Com relação a 2017, a principal causa dos acidentes nas estradas federais que cortam o estado foi a falta de atenção, tanto pelos motoristas na direção do veículo como pelos pedestres ao atravessarem as rodovias, correspondendo a 43% do total. Em seguida, aparecem a ingestão de álcool, com 8,2%, e não guardar distância de segurança, que ocorre quando o veículo fica muito próximo do que segue à frente e não consegue frear a tempo de evitar uma colisão, com 7,2%.

Ao todo, foram realizados 80.113 testes com o bafômetro nas estradas federais em PE (Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)

As mortes ocorridas em rodovias federais no estado no ano de 2017 foram provocadas, principalmente, por colisões frontais (23,6% do total), seguidas por atropelamentos de pedestres (20,9%), e por colisões transversais (10,7%). Os homens foram 85% das vítimas mortas em estradas federais em Pernambuco.

Em conjunto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), 62 vítimas de acidente foram resgatadas pela Base de Operações Aéreas da PRF, que realizou 172 missões, entre janeiro e dezembro de 2017. Também no mesmo período, a Polícia Rodoviária Federal recuperou 276 veículos, apreendeu 42 armas, 807 munições e 1,1 milhão de maços de cigarro.

Ainda sobre o combate ao crime nas estradas federais em Pernambuco, a PRF prendeu 403 pessoas por diversos crimes, como roubo, receptação, porte ilegal de arma, contrabando e tráfico de entorpecentes. Em 2017, também foram resgatados 109 animais silvestres e retirados 1.101 animais de grande porte das rodovias que cortam o estado.

Outras estatísticas

A PRF também informou que, ao longo de 2017, foram fiscalizados 227.857 veículos e 235.467 pessoas, com a emissão de 143.128 autuações por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro. Entre elas, destacam-se 5.190 pela falta do cinto de segurança, 5.179 por ultrapassagens indevidas, 636 pela ausência de capacete e 454 pelo não uso da cadeirinha.

Ao todo, foram realizados no ano passado 80.113 testes com o bafômetro, que resultaram na autuação de 1.751 motoristas, além da prisão de 160 condutores que estavam sob efeito de álcool. Também em 2017, os radares registraram 31.845 imagens de veículos com excesso de velocidade.

Por G1 PE

Prazo para prova de vida para segurados do INSS termina no dia 28 de fevereiro

Os beneficiários do INSS que não fizeram a prova de vida nos bancos em 2017 têm até 28 de fevereiro para comprovarem que fazem jus aos benefícios pagos pelo órgão. Cerca de 4,7 milhões, dos mais de 34 milhões de titulares de aposentadorias e auxílios, ainda não se recadastraram.

Para fazer a atualização de dados cadastrais, não é necessário ir a uma agência da Previdência Social. O procedimento é feito diretamente no banco em que o beneficiário recebe o benefício, mediante a apresentação de um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista e outros).

O procedimento é obrigatório para todos os beneficiários do INSS que recebem seus pagamentos por meio de conta-corrente, poupança ou apenas cartão magnético para saque. Quem não fizer a prova de vida no tempo previsto terá o pagamento interrompido.

Grávidas de alto risco

Uma liminar do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) reconheceu o direito das mulheres com gravidez de alto risco de receberem auxílio-doença, independentemente do tempo de contribuição. O órgão vinha exigindo carência mínima de um ano para conceder o benefício. A decisão é válida para todo o país.

Operação Tapa-buraco: Prefeitura destaca equipe especial para atender grandes avenidas de Petrolina

Sempre atenta às demandas da população, a Prefeitura de Petrolina destacou uma equipe da Operação Tapa-buraco para atuar especialmente em duas grandes avenidas da cidade. A partir desta quinta-feira (18), homens da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) trabalham na manutenção do asfalto da avenida Transnordestina (Perimetral), na zona oeste. A expectativa é que o trabalho siga até a semana que vem. Além disso, a partir da sexta-feira (19) será a vez da estrada da Avenida Marechal Hermes da Fonseca, conhecida como Estrada da Banana, também na zona oeste, receber a equipes da Operação Tapa-buraco.

Ao todo, oito homens trabalham na recuperação da pavimentação asfáltica das duas avenidas. Além do recorte do asfalto em torno dos buracos existentes na via, também está sendo realizada a retirada do asfalto antigo, seguida da pintura de ligação e por fim, a colocação do novo material composto pelo Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ), utilizado na pavimentação das principais rodovias do país.

De acordo com o secretário-executivo de Serviços Públicos, Fred Machado, a ideia da (mais…)

Juíza determina transferência de Cabral para Curitiba

Radar Online

A juíza Caroline Figueiredo, que substitui Marcelo Bretas, acaba de determinar a transferência de Sérgio Cabral do presídio de Benfica, no Rio, para Pinhais, em Curitiba.

O Ministério Público Federal fez o pedido após investigação do Ministério Público do Estado do Rio revelar uma série de regalias no local, entre elas a instalação de uma sala de cinema.

Força Aérea apresenta relatório sobre acidente de Teori

A Força Aérea Brasileira (FAB), vai apresentar, na próxima segunda-feira (22), o relatório sobre o acidente aéreo que matou o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF). O documento já está pronto.

A divulgação vai ocorrer às 15h, em Brasília. Primeiro, a família do ministro, a família do piloto e das outras três vítimas serão informadas do relatório. É praxe da Força Aérea comunicar primeiro os parentes.

Depois, a FAB – por meio do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), vai apresentar o relatório para a imprensa.

Os investigadores vão mostrar um perfil do piloto, as condições da aeronave, a rota de voo e condições do tempo, por exemplo.

O Cenipa não aponta culpado num acidente aéreo. O Centro vai apresentar os fatores que contribuíram para a causa do acidente, de forma a evitar novos desastres aéreos.

Amanhã, o acidente vai completar um ano. No avião, além do ministro Teori Zavascki, que era o relator da Operação Lava Jato no STF, estavam o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, a massoterapeuta Maira Lidiane Panas, a mãe dela – Maria Ilda Panas – e o piloto Osmar Rodrigues.

O avião decolou do Campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty, no Rio de Janeiro. Chovia forte na hora do pouso, e o piloto chegou a arremeter e tentar o pouso pela segunda vez, quando a aeronave caiu no mar.

Na semana passada, o diretor geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, se encontrou com a presidente do Supremo, ministra Carmem Lúcia, para falar sobre as investigações, que estavam em fase final.

O delegado responsável pela investigação, Rubens Maleiner, também acompanhou. De acordo com a Polícia Federal, até aquele momento, as investigações descartam um ato intencional. De acordo com o delegado, isso foi bastante explorado nas perícias e nenhum elemento nesse sentido foi encontrado.

 

Auditoria reforça denúncias sobre supostos desvios na Caixa

Investigação independente contratada pela Caixa sugere influência política no banco em ao menos quatro vice-presidências. O documento foi produzido pelo escritório Pinheiro Neto e será anexado aos processos relacionados ao banco para reforçar as denúncias contra políticos e ex-funcionários que atuariam em favor de grandes empresas.

Nessa segunda-feira (15), a Procuradoria da República do Distrito Federal entregou à 10.ª Vara Federal em Brasília as alegações finais no processo sobre desvios na vice-presidência de Fundos de Governo e Loterias, responsável pelo fundo de investimento do FGTS (FI-FGTS). O caso teve origem na Operação Sépsis, que prendeu o corretor Lúcio Bolonha Funaro, apontado como operador do ex-deputado Eduardo Cunha e do PMDB da Câmara.

O documento produzido pelo (mais…)

Conta dos Estados sai do azul para rombo de R$ 60 bi

Em um período de três anos, os Estados saíram de um resultado positivo de R$ 16 bilhões em suas contas para um déficit de R$ 60 bilhões no fim de 2017. Isso significa que os governadores assumiram seus postos, em 2015, com o caixa no azul e, se não tomarem medidas drásticas até o fim deste ano, vão entregar um rombo bilionário para seus sucessores.

O levantamento feito a pedido do Estado pelo especialista em contas públicas Raul Velloso mostra o resultado de uma equação que os governos não conseguiram resolver: uma folha de pagamento crescente associada a uma queda na arrecadação de impostos por causa da crise econômica. “É o mandato maldito”, diz Velloso. “Diante da pior recessão do País, os Estados saíram de um resultado positivo para um déficit histórico.”

O Rio Grande do Norte foi o Estado cuja deterioração fiscal se deu mais rapidamente nesse período. Depois de ter acumulado um superávit de R$ 4 bilhões entre 2011 e 2014, entrou numa trajetória negativa até acumular um déficit de R$ 2,8 bilhões de 2015 a outubro de 2017.

Esse descompasso fiscal pode ser visto nas ruas. Com salários atrasados, a polícia civil entrou em greve e uma onda de violência tomou o Estado no fim do ano. Os policiais encerraram a paralisação, mas servidores da saúde continuam em greve. (mais…)